1 de mai de 2013

No Divã: Primeira vez


Não estou mentindo quando digo que em pleno século XXI o sexo ainda é um tabu. Mesmo com ele sendo abordado como algo normal nas novelas, com as músicas de apologia sexual e com as fotos de mulheres peladas sendo mostradas sem censura, quando uma menina diz que não é virgem a sociedade passa a olhá-la de outro modo. Rótulos passam a ser inevitáveis. Tudo isso acaba gerando muita insegurança na garota em relação a sua primeira vez.
Não só a religião como também toda a sociedade nos diz que o correto é casar virgem, e então crescemos em torno de milhões de expectativas. Nossos pais esperam isso de nós. E sabemos que se fizermos o contrário seremos julgadas por tudo e todos – até mesmo aqueles que também já fizeram sexo antes do casamento. Mas o fato é que você não deve se importar com nada disto. Não é a sua mãe, o padre da sua igreja ou suas vizinhas fofoqueiras quem deve dizer quando você deve perder a virgindade. É o seu corpo. Mais que isso, é o seu coração.
Acredito que não existe uma “idade certa” para ter a primeira vez, porém, é necessário ter muita maturidade. Sexo é complicado, de verdade. Ele complica a vida, o relacionamento, a cabeça da gente. Eu também achava que não e tive que aprender isso vivendo. Você precisa estar pronta emocionalmente para dar este grande passo. Já pensou em tudo o que vai mudar? Isso é uma daquelas coisas na vida em que não podemos voltar atrás, não podemos nos arrepender. Só se perde a virgindade uma vez. Fazer sexo é deixar sua menina ir embora e abrir as portas para a sua mulher. Você precisa estar pronta para isso.
Pare e pense. Se depois que vocês transarem ele terminar com você, você vai se arrepender de ter feito? Se a resposta for sim então eu te asseguro que ainda não chegou o seu momento certo. Você precisa fazer isso por você, e não por ele. Porque você precisa estar pronta para dar este passo na sua vida, e não no seu namoro. Se você estiver realmente nesta vibe não haverá arrependimentos. Tudo torna-se uma experiência boa.
Outra coisa importante é o cara certo. Você tem certeza que ama ele? E que ele te ama? Que ele merece isso de você? A primeira vez é algo muito especial na vida de uma mulher. Imagine-se daqui há uns 20 ou 30 anos, conversando sobre sexo com a sua filha. Você vai sentir que entregou sua virgindade para a pessoa certa? Isso independe de você ainda estar com ele ou não. Existem caras que, mesmo depois de terminar, nós sabemos que ele era a pessoa certa. Não para ficar conosco pelo resto de nossas vidas, mas pelo menos para viver aquele momento único com a gente.
Respeito é muito importante nessa hora. É muito importante que o cara te respeite acima de tudo e não te pressione a absolutamente nada. Vai por mim, se ele te ama mesmo vai conseguir esperar. Porém, o mais importante de tudo é o seu respeito por você mesma. Se você não se respeitar, como poderá exigir respeito dele? Respeite o seu corpo, respeite o seu tempo. Não faça nada se você não tiver certeza, se tiver dúvidas ou medo. Não faça nada se ele não for a pessoa certa ou se ele ficar insistindo. Esta decisão precisa partir de você. E ai, quando você tiver certeza absoluta de que está realmente pronta para isso, compre uma lingerie bem bonita, encha o quarto de flores, chame ele e não esqueça da dica mais importante que eu posso te dar: camisinha!


Se você tiver uma ideia ou sugestão de tema para o próximo post do No Divã, não deixe de comentar aqui e dar sua opinião, ou mandar um e-mail para o blog nos contando sua sugestão, sua história, suas dúvidas, seus problemas... Ficarei feliz em tentar ajudar.

2 comentários:

  1. Adorei o texto. Realmente da aquele medinho do que a sociedade vai achar, do que os pais e amigos iram achar. Mas a decisão deve partir de você. Se achar que é o momento e cara certo, tudo vai correr bem. E mais uma coisinha, ninguém é nosso a vida toda, arrependimentos vem e vão e lembranças sempre ficam. E mais uma dica que você esqueceu de dar. É ir na ginecologista, as vezes conversar com alguém que intende e não irá nos julgar, ajuda muito.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa anônimo, é verdade, esqueci desta dica muito importante... ir no ginecologista é muito legal. Tiramos nossas dúvidas (TODAS as dúvidas, sério) e ainda somos orientadas da maneira correta para fazer tudo sem perigo algum. Aconselho uma visita tanto antes da primeira vez quanto depois, para fazer exames preventivos e etc.

      Excluir

O que você achou sobre isso?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...