19 de abr de 2012

Mirror, Mirror

Ontem foi, finalmente, minha vez de assistir Espelho, Espelho Meu (Mirror, Mirror) estrelado pela fofa Lily Collins e a eterna Pretty Woman Julia Roberts.


Atenção: Os meus comentários a seguir contém SPOILER!


Cheguei um pouco atrasada na sessão e perdi o comecinho, logo quando o Rei, pai da Branca de Neve, era morto (Sean Bean, morrendo nos primeiros minutos do filme...). Infelizmente o cinema da minha cidade só tinha sessões dubladas, que lástima! Garanto que isso influenciou no meu desapontamento com a película.


A Rainha má, Julia Roberts, é a minha personagem favorita. Ela tem uma maldade muito cômica e isso me rendeu altas risadas na sala de cinema! Sem o marido, os negócios do reino desandaram e para manter-se rica, a rainha deverá se casar com o príncipe sem graça gato que aparece em suas imediações. 
Mas é claro que ele tem de se apaixonar pela branca, doce e meiga Branca de Neve. Boring...
Snow White muito fofa com essa fantasia de cisne
Blá, blá, blá um monte de coisas acontecem errado nos planos maléficos da Rainha e ela vai se consultar com seu espelho mágico que fica NUMA OCA (what? why?) no meio de uma lagoa obscura, e é decido que deve matar a enteada. O espelho é, na verdade, uma segunda personalidade mais inteligente da rainha me lembrou Gollum, de O Senhor dos Anéis
Branca consegue se safar, conhece os anões, aprende a lutar... Wait! Lutar? Não era pra ela estar fazendo tortas como os pássaros azuis? Hum... Enfim, depois de virar bad girl, ela segue com o plano de tirar a madrasta do reinado e dominar o reino para propagar a felicidade e o amor, pois ela believe believe believe believe believe believe believe believe in love.


Por fim: Sean Bean ressuscita, Branca não morre com maçã envenenada coisa nenhuma, madrasta não fica uma velha tão feia assim e o vestido de casamento de Branca é de muito mau gosto. Para piorar, ela começa a cantar uma música que não saiu da minha cabeça até agora (é um tipo de Ai Se Eu Te Pego), o que ridicularizou o que já estava ruim. Até o príncipe ficou com maior cara de "vergonha alheia" da mulher quando ela começou a dancinha do  I believe I believe I believe I believe I believe I believe I believe I believe in loOve.


Musiquinha fail do final.




Confiram o trailer, que é bem legal, abaixo:




Vale lembrar as coisas boas, né? 

  • A Julia Roberts atuou muito bem, adorei o humor negro da Rainha. 
  • Lily Collins realmente ficou linda de Branca, não importa o que digam, eu achei liiiiinda.
  • A fotografia é legal.
  • Os móveis da Rainha são "to die for".
  • Sean Bean fica vivo no final do filme hahaha
xx

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou sobre isso?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...