4 de out de 2012

No Divã: Problemas com a amiga


Muitas vezes acontece de ficarmos sentadas olhando o tempo passar e as pessoas mudarem. Nós mesmas mudamos também. E quando percebemos, aquilo que conhecíamos já não é mais a mesma coisa. A realidade parece ter sofrido algumas alterações. Coisas do tipo são muito comuns de acontecer com amizades.

Pois é, chega a hora de admitir que a sua BFF desde a terceira série não é mais a mesma, e você também não. Com o tempo nós vamos crescendo, amadurecendo. Cada uma acaba se interessando por coisas diferentes, pessoas diferentes. E ai, muitas vezes acabam se afastando. Ou então vocês terminam o colégio e vão para faculdades diferentes, fazer cursos diferentes, começam a sair com pessoas diferentes...
E então, quando você percebe, aquela pessoa ainda é a sua melhor amiga na teoria, mas na prática não passa de uma colega. E isso muitas vezes entristece, pois mesmo estando afastadas vocês ainda possuem uma enorme afeição uma pela outra. Muitas vezes essa mudança chega a machucar, e ambas ficam sofrendo caladas, sem coragem de tentar mudar. E acabam deixando que o abismo entre as duas cresça mais ainda.
Bom, eu venho aqui falar como alguém que já teve muitas experiências desse tipo na vida – muitas mesmo! Uma verdadeira amiga é algo raro de encontrar hoje em dia. Fazer amigos novos é muito legal, mas um dia eles podem te decepcionar e você precisará daquele ombro que esteve lá a sua vida inteira. Aquele ombro que você sabe que pode confiar. Por isso acho que você não deve desistir da amizade. O que fazer então nesta situação? Tente construir uma ponte.
Chame sua amiga para conversar. Esclareça a situação, fale tudo o que você está sentindo. Como esse afastamento te deixa triste. Diga como você gostaria que fosse. Cite pontos em que ela precisa mudar, pergunte em quê você precisa mudar também. Essa é a melhor maneira de resolver os problemas. Assim como um namoro, o essencial em uma amizade é o diálogo. Tudo se resolve com uma boa conversa, sinceridades e algumas mudanças.
Lembre-se que cultivar novas amizades é algo incrível, mas regar todos os dias uma antiga amizade é algo que não tem preço ou descrição.

Se você tiver uma ideia ou sugestão de tema para o próximo post do No Divã, não deixe de comentar aqui e dar sua opinião, ou mandar um e-mail para o blog nos contando sua sugestão, sua história, suas dúvidas, seus problemas... Ficarei feliz em tentar ajudar.

6 comentários:

  1. Passei por isso a pouco tempo, na prática a teoria é outra. Quando um não quer vs pode ter todas as conversas do mundo que nada resolve.

    Uma amiga de quase 10 anos se afastou de mim por uma coisa tão boba e hoje nós somos apenas duas colegas, mal nos falamos. É complicado, dói muito mesmo.

    Gostei muito do texto, expressa bastante a minha situação com essa amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando uma não quer, então realmente há um problema. Tive a sorte e que quando isso aconteceu comigo, os dois lados estavam dispostos a lutar pela sobrevivência da amizade... Mas quando uma já desistiu então fica realmente impossível. O que fazer se não tentar seguir em frente, não? É triste, mas às vezes a vida é assim mesmo.

      Excluir
  2. Ótimo texto Anna, me identifiquei bastante com ele, realmente a gente se afasta sem mesmo perceber, e quando percebemos o estrago já está feito. Precisamos criar coragem e conversar para resolver a situação. O díficl é encontrar essa coragem!rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou do texto amor. Concordo com você, é difícil achar coragem, mas ou fazemos isso ou podemos viver o resto da vida pensando como seria se não tivéssemos sido covardes, não é? Então se é díficil pra você ter coragem de falar, tenta escrever uma carta desabafando... a coragem necessária para entregar a carta é menor que a necessária para falar na cara, olhando nos olhos. Ai você explica na carta que estava sem coragem e depois pede pra conversarem sobre isso... Acredito que assim fica mais fácil.

      Excluir
  3. Ótimo conselho, flor!
    Eu, na verdade, não tenho nenhuma amiga mesmo, só colegas.. Eu era muito amiga de uma menina até a 3ª série, aí ela se juntou com outras meninas e começou a fazer bullying comigo, haha. Desde então tenho um pé atrás com amizades, mas sempre quis um amigo tipo os de Friends, rs.
    Beijos, flor!

    Ann
    http://www.vinteepoucos.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que você não pode basear-se em uma decepção com uma amizade de terceira série para definir todos os seus possíveis amigos do futuro. Entendo que às vezes fica um certo trauma, mas é preciso enfrentar isso, tentar superar. Acho que você deveria sim fazer um esforço e tentar se abrir para fazer amizades de verdade. Nunca é tarde de mais para fazer amigos. E a sensação de ter uma amizade assim, como a de friends, te digo que é incrível. É algo que realmente precisamos ter na vida. Não se feche muito, ok?

      Excluir

O que você achou sobre isso?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...